HTML5

Uma breve estudada sobre HTML5 e consigo entender o porque de tanta vontade que alguns tem de utilizar, como as API’s: armazenamento local, cache de aplicativos, serviços web, desenho 2-D e similares, mas traz ainda 30 elementos para marcar documentos e aplicativos, aumentando o número total de elementos disponíveis para mais de 100.
A semântica HTML5 é cuidadosamente projetada para ampliar a capacidade atual do HTML, sempre permitindo que os usuários de navegadores mais antigos consigam acessar o conteúdo.

 

 

Alguns elementos de apresentação
Elementos puramente de apresentação, como center, font e big são agora obsoletos. seu papel tem sido perfeitamente usurpado por Cascading Style Sheets. Não significa que você tem que se apressar e recodificar todas as páginas antigas. Pela mesma razão os atributos de apresentação foram retirados elementos de corrente, por exemplo, align a img, table, background no body e bgcolor na table.

O sempre mal utilizado frame, está ausente em HTML5. Se você tem vontade de usa-lo use um velho DOCTYPE para que suas páginas possam validar.
Além deste breve resumo, veja a lista exaustiva do W3C de elementos removidos e atributos (http://www.w3.org/TR/html5-diff/#absent-elements)

 

Elementos de apresentação redefinidos
Nem todos os elementos de apresentação foram retirados, alguns passaram por uma reeducação extensa e brilhante, surgindo uma nova semântica. Por exemplo, o small, já não significa “usar uma fonte pequena”, embora ele irá aparecer em uma folhas de estilo do navegador. Agora small representa comentários laterais, tais como letras pequenas:

Letras pequenas renúncias tipicamente características, limitações, restrições legais, ou direitos autorais. Letras pequenas às vezes também é usado para atribuição, ou para satisfazer requisitos de licenciamento.

O elemento u [agora] representa um intervalo de texto com um desarticulador, embora explicitamente prestados, a anotação não-textual, como a rotulagem do texto como sendo um nome próprio no texto em chinês (uma marca de nome chinês propriamente dita), ou rotulagem o texto como ser grafadas incorretamente.

 

Nova semântica
Todos sabemos que video e audio assim como canvas que permitem gráficos 3-D utilizando webGL, então designers de jogos podem portar seus produtos para web. Como o bom e velho img são incorporados no conteúdo seja um arquivo, um URI de dados ou u JavaScript.
Ao contrário de img, eles tem abertura e fechamento de tags, permitindo fallback, portanto, os navegadores que não suportam a nova semântica pode ser alimentado com algum conteúdo.

Os elementos source e track  são elementos vazios(sem tag de fechamento) que são filhos de video ou audio.

O source aponta para um arquivo de origem diferente(WebM, MP4, Ogg Theora)

 

<audio controls>
<source src=bieber.ogg type=audio/ogg>
<source src=bieber.mp3 type=audio/mp3>
<!– fallback content: –>
Download <a href=bieber.ogg>Ogg</a> or <a href=bieber.mp3>MP3</a> formats.
</audio>

 

Neste exemplo, Opera, Firefox e Chrome irá baixar a versão mais recente do Ogg, enquanto o Safari e IE vai pegar a versão MP3. Chrome pode jogar tanto Ogg e MP3, mas os browsers irá baixar o arquivo de origem na primeira vez que eles entendem.  O conteúdo fallback entre as tags de abertura e fechamento é um link para baixar o conteúdo para o desktop e jogá-lo através de um tocador de mídia separado, e é exibido apenas em navegadores que não pode jogar multimídia nativa.

Para vídeo, você poderia usar um filme flash embutido hospedado no YouTube:

<video controls>
<source src=best-video-ever.webm type=video/webm>
<source src=best-video-ever.mp4 type=video/mp4>
<!– fallback content: –>


</video>

Obrigado e Continua …

 

 

Anúncios

Criatividade ate para pedir demissão

O designer de jogos de uma das principais produtoras de games da Austrália Jarrard Woods usou um jogo de computador para pedir demissão .

Trabalhando há três anos e meio na produtora 2K Australia, com sede em Camberra.

O jogo disponibilizado para ser jogado no site www.farbs.org.

demissao_game_edersonmelo

Woods disse a um jornal local que decidiu encerrar seu contrato na empresa porque tinha novos projetos em mente e se sentia frustrado.

Segundo a fonte do G1:

Segundo o jornal “Canberra Times”, o australiano pediu demissão aos chefes por meio de uma combinação dos jogos criados anteriormente por ele, como o “Polychromatic funk monkey”, e o famoso jogo da Nintendo “Super Mario Bros”.

O pedido foi apresentado com antecedência de seis meses e veio acompanhado de uma mensagem de despedida: “Obrigada à 2K Austrália! Você me deu um salário, projetos incríveis e um time de primeira classe para aprender juntos. Porém, minha princesa está em um outro castelo. Meu último dia de trabalho será em 5 de junho, portanto eu acho que ainda posso finalizar com: Vai time!”
“O problema com esse tipo de trabalho, de jogos experimentais, é que muitas vezes eles não funcionam. É um grande risco”, afirmou.

Woods começou a se interessar pelos jogos quando ainda era criança e brincava com o computador Commodore 64, lançado em 1982.

“Os jogos agora são muito diferentes dos que me inspiraram”, disse ao jornal.

A 2K Australia foi a empresa que desenvolveu o game BioShock, jogo de tiro em primeira pessoa, para Xbox 360 e Windows.

Fonte: G1

não falei que para ser game design tem que além de tudo ter muita imaginação!? Isso vale até para pedir demisssão.

Abraço,
Ederson Melo

1º Mobile Expert

Pessoal dando uma pausa aos posts sequênciais, mas por uma boa causa.  O evento 1º Mobile Expert, que como eu, muitos, quase a amioria acredta ser um dos futuros da programação e aplicabilidade em comunicação e acesso web.

O 1º Mobile Expert acontece nos dias 16 e 17 de dezembro. O evento contará com palestras gratuitas com especialistas demonstrando as principais ferramentas para desenvolvimento de aplicações mobile.

Confira algumas palestras:

16/12: Plataforma Yahoo; Desenvolvimento iPhone; plataforma Nokia; Como entrar com o pé direito no Mercado Mobile.
17/12: Workshop para desenvolvedores de games nas plataformas Java, Phyton, Flash Lite 4, iPhone  e muito mais.

Horário: 9h às 19h
Local: Conjunto Nacional – São Paulo – SP

Programação

Abraço,
Ederson Melo