Variáveis de ambiente e PHP

Embora muito utilizadas no PHP, as variáveis de ambiente como o nome diz, são variáveis do ambiente do servidor web e não da linguagem php.
Através do uso destas informações, pode se descobrir qual o browser que o cliente utiliza, IP para votações e chats, entre muitas outras funcionalidades.

Para se obter o valor de uma variável de ambiente a função getenv é utilizada no php:

getenv(“nome_da_variável”);

Um exemplo que é muito utilizado é a verificação de tipo de método de envio de dados de um formulário.
Por exemplo, se meu formulário utiliza apenas o método post e não gostaria que alguém utilizasse get, poderíamos criar o código abaixo aproveitando as variáveis de ambiente:

if(getenv(“REQUEST_METHOD”) == “GET” )
echo “O método utilizado é GET e não aceito pelos padrões de formulários, utilize o método POST, obrigado!”;

Agora já conhecemos um deles o   REQUEST_METHOD que mostra o envio de dados utilizado.

Bom já sabemos que a função getenv é responsável por retornar os valores das diversas variáveis de ambiente para um programa em php, então abaixo a tabela com as principais variáveis:

AUTH_TYPE Método de autenticação que só está disponível se o servidor disponibilizar este recurso.
CONTENT_LENGHT Tamanho dos dados recebidos pelo servidor ( bytes )
CONTENT_TYPE Tipo MIME dos dados enviados
GATEWAY_INTERFACE Versão CGI fornecida pelo servidor
HTTP_ACCEPT Uma lista dos tipos MIME aceitos pelo cliente
HTTP_USER_AGENT Nome e versão do browser utilizado no cliente
PATH_INFO Caminho acessado pelo cliente para alguns scripts.
QUERY_STRING Armazena informações passadas através da URL após o ?
REQUEST_METHOD Método utilizado para envio ( Post / Get )
REMOTE_HOST Nome do host da origem da requisição
REMOTE_ADDR IP do usuário
REMOTE_USER Nome do usuário ( Se o servidor permitir autenticação)
REMOTE_INDENT Nome do usuário remoto ( apenas para servidores que suportam o padrão RFC 931 )
SERVER_SOFTWARE Servidor e Software utilizados
SERVER_NAME Nome do servidor ou IP
SERVER_PROTOCOL Nome e versão do protocolo utilizado
SERVER_PORT Número da porta utilizada na requisição
SCRIPT_NAME Caminho para o script que está sendo executado

Abraço,
Ederson Melo – @edersonmelo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s