Webgames e Outsourcing

Neste sábado passado, estava lendo uma entrevista feita com a empresa Personal Coder, sobre o mercado de webgames e outsourcing. Personal Coder é especializada em webgames e outsourcing em flash, mais fortemente estabelecida no exterior do que no Brasil.

Diz ter como sua principal meta, o outsourcing em flash para games no exterior, onde o mercado de desenvolvimento é forte e demanda muito para países como Brasil, Rússia e Índia. Este tipo de demanda ocorre porque, o nível de investimento em outsourcing nestes países é mais baixo que em outros ou no próprio país da empresa que demanda.

WebGames e Outsourcing

WebGames e Outsourcing

Se uma empresa americana cobrar $1000 por um projeto, aqui o mesmo projeto com o mesmo prazo de entrega pode sair por metade do preço ou menos. O bom disto é que ainda assim aqui as empresas teriam lucro e manteriam clientes.

Em outra leitura sobre o porque das empresas de desenvolvimento de games fecharem tão rápido quanto abrem é a falta de um administrador.

Quando empresas são abertas, devemos ter o cuidado de administrar e não somente conseguir clientes e tocar projetos. Coisa que acontece freqüentemente.

A demanda por WebGames tem crescido vertiginosamente nos últimos anos. Além de não precisar diretamente de um Publisher, demanda manos profissionais e tecnologia, atraindo mais usuários que teriam dificuldades com games desktop, pelo custo gerados com hardwares, controladores, etc.

Olha, acho que os estudos estão me fazendo bem!

Fonte:

aifuture

Abraço,
Ederson Melo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s